sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Vermelho



O vermelho é quente;
É sinal de alerta!
Fica-se vermelho, quando tímido se sente.
É aquela cor que aos sentidos desperta.

A cor da magia, do manto, proteção;
É esta cor que faz pulsar o coração;

Natural das mais saborosas frutas;
É também a inata cor da luta.

O vermelho do combate ao nazismo;
O vermelho que aterroriza o capitalismo;
Do comunismo, do Socialismo é a cor primária;
É a cor utópica, do impulso, do pluralismo.

Representação máxima da vida;
Das rosas mais lindas;

Dizem que foi a primeira cor do universo;
Com seus vários tons sempre controversos.

Se mais forte, se torna vinho;
Rosa se torna, se mais fraquinho.

Mas o vermelho é indesbotável;
Esplêndido, altivo, Inigualável;

Derrota a quem lhe afronta;
Quem o encara, se amedronta;

Mas contrariamente há um quê nesta cor:
Indubitavelmente, é a maior associação ao amor.

2 comentários: