quarta-feira, 11 de maio de 2016

De você eu sei

Eu não sei:
Diferenciar o lago, de uma lagoa;
A alegria, do “rir atoa”;
A névoa da neblina;
Um monte, de uma colina.

Eu não sei:
Se sei o que quero;
O que eu espero;
Da vida, uma novela;
Ou um conto de balelas.

Eu não sei:
Por que eu caminho;
Ou as vezes paro;
Acompanhado ou sozinho;
Se canto ou me calo.

Só que nada disso importa:
Se para mim se abrem,
Ou se fecham portas.
Realmente não me interessa.

Um dia a menos,
Um dia a mais...
O espírito sereno;
Sóbrio, em paz.

De uma coisa eu sei:
Sem você eu nada seria.
Você também diria.


Essa paixão que em mim brotou,
Foi o mais lindo sonho que se realizou.

É amor o que eu tenho por ti;
O sentimento mais puro, perfeito,
Que eu já pude sentir.

Um comentário: