segunda-feira, 21 de setembro de 2015

És marcante


A mais linda do universo é ela.
O sangue é nobre; a cor, negra.
Rainha da Africa, a mais linda donzela.
Olorum fez-lha toda rica em beleza.


No Aiê, vive na terra da garoa,
Mulher, apaixonada e também guerreira.
Teus sonhos são como aves que voam,
Divertindo-nos com ingênuas brincadeiras.


Em meio aos cinzentos concretos,
Sutilmente, distribui belas cores e leva riqueza.
Briga contra os inimigos certos,
Pobres, que zombam de sua beleza.


Sua doce voz, sinto enorme prazer,
Com ela, fico horas a finco no telefone.
Sem ela sinto saudades "de morrer",
Toda vez que ela some.


Negra linda! Tão doce, tão fera,
Tem um abraço e beijos gostosos.
Parece poesia dos sambas da Portela,
Encantam-me suas mãos e jeitos manhosos.


Ela vive também em meus sonhos.
Sua beleza interior e seus contos risonhos.
Desejo tê-la, por ela ser abraçado,
E ter minha vida e sentimentos encantados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário