quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Menina mulher




Passaria eternidade ouvindo tua voz de menina,
Tuas tenras mãos no meu corpo a vagar.
Quando você canta a Lua ilumina,
Na veia o sangue fervilha, fico louco para te amar

Ainda não sei teu nome,
Mas sei o quanto meu coração acelera ao lhe ver.
Não sei onde moras,
Mas sei que, de tudo
sou capaz para ter você.

A este carinhoso desafio aceitei,
Não por orgulho ou coisa assim.
Dos teus sonhos quero ser seu único rei,
Ter você minha rainha soberana somente para mim.

Nas perigosas curvas do teu corpo, perco o caminho.
Na pureza dos teus lábios me reencontro.
Pensando em você, no teu jeitinho,
Fantasio uma eterna noite de contos.

Queria poder penetrar o brilho dos olhos teus.
Me banhar na claridade cintilante que emana.
O brilho que ofusca a luz de Deus.
Aquele Senhor fez o mundo em uma semana.

Você deu origem à beleza.
Com você toda a natureza é afim.
Única! Portadora da maior riqueza.
Tens na alma o amor que nunca terá fim.

9 comentários:

  1. Amei, e, eu passaria a eternidade lendo seus emaranhados de palavras que dão forma lindas frases.

    ResponderExcluir
  2. Amei, e, eu passaria a eternidade lendo seus emaranhados de palavras que dão forma lindas frases.

    ResponderExcluir
  3. É tão repetitivo eu falar que seus poemas são lindos... Mas eles são lindos!

    ResponderExcluir
  4. É tão repetitivo eu falar que seus poemas são lindos... Mas eles são lindos!

    ResponderExcluir
  5. Escreva um livro de poesias, já passou da hora, né não ?

    ResponderExcluir
  6. Escreva um livro de poesias, já passou da hora, né não ?

    ResponderExcluir