domingo, 14 de setembro de 2014

A flor do filme da minha vida


Você me ensinou
A ter mais carinho
Ter mais cuidado
E a ter mais amor

Pois uma flor
Foi feita para ser tocada, apreciada
De forma bem delicada
E regada com o mais puro ardor

Eu, antes, um homem insensível
De jeito impossível
Um ser indomável, irrefutável
Que duras pedras ornamentavam
Até a minha frígida emoção

Oh mulher! meu bem, só tu sabes
De forma dócil, alegre e suave
Que tens no controle a minha paixão
E o acelerado ritmo do meu coração

Hoje canto apaixonado, sou feliz
Faço juras de amor à minha querida
Contracenando com a principal atriz
No melhor filme de toda minha vida

2 comentários:

  1. É lindo demais, parabéns. Katia.

    ResponderExcluir
  2. Ai ai, meu coração, por ti, suspira... Lindo!

    ResponderExcluir